O Curso de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense (UFF) é clássico. Criado em 1968, durante o governo militar, desde a sua origem é conhecido pela formação crítica oferecida aos alunos, que são orientados a conheceram e debaterem/questionarem desde o 1º semestre. Também é outra marca conhecida do curso o estímulo ao segmento artístico.





Com o passar dos anos o curso manteve seu foco na Arte e na construção do pensamento ético, sociológico e filosófico durante suas reformas curriculares. No decorrer das atividades de uma disciplina de desenvolvimento de identidades visuais, foi proposto pelo grupo deste projeto que fosse criada uma marca para o curso de Comunicação Social que, entre os demais cursos da UFF, era um dos poucos sem um símbolo ou algo que o representasse, que os definisse. Anteriormente foi desenvolvida uma marca pela Professora Rosa Benevento que, porém, não houve adesão necessária para estabelecimento, já que não havia diálogo nem identificação com o público.


A marca criada possui inspirações diretas no conceito de cores empregado no cubismo órfico, no abstracionismo geométrico e, em exemplo prático, na identidade visual da banda lusitana de rock alternativo The Gift. O orfismo se difere por propor um conceito mais abstrato à pintura cubista, sempre valorizando um uso maior e mais variado de cores.

Já o abstracionismo geométrico se estrutura em pinturas abstratas de formas que, ao final, exista apenas uma concepção geométrica da arte. Um exemplo bem claro deste conceito são as obras do pintor Piet Mondrian. E, por último, uma das referências é o trabalho gráfico da banda The Gift em seu penúltimo álbum, intitulado Explode. Nele, a identidade visual é trabalhada com uma explosão de cores em um mosaico geométrico utilizando triângulos de diversos tamanhos.

Desta forma, a marca se apresenta como uma síntese de tudo o que o curso de Comunicação Social representa: uma união de estudantes multifacetada, multicultural, de múltiplos estilos, credos e formas de ver a vida.













Para a realização deste projeto foi preciso o estudo de diversas fontes e cores a serem utilizadas. Nas famílias tipográficas, optou-se pela fonte Adamas para o símbolo (GCO/GGC) e Gibson para a tipografia padrão envolvendo a marca. E, para a construção da marca utilizando as cores, foram selecionadas 26 cores (agrupadas em tons de azul, vermelho, roxo e verde) e nomeadas em específico para esta marca.


Ainda segundo a psicologia das cores, os tons de vermelho são associados mentalmente a energia, velocidade, intensidade, força; os azuis em tranquilidade, confiabilidade, estabilidade, calma, autoridade; os verdes em juventude e calma e os tons de roxo em regularidade, criatividade.





Para atender as diversas aplicações da marca, foram criadas versões em Horizontal, em Negativo e Positivo (para situações em que não seja possível a impressão à cores ou em aplicações em um tamanho pequeno aonde as cores dificultem a visualização). Também foram criadas Sub-Assinaturas de todas as variações, adaptadas para as duas habilitações do curso: Publicidade e Propaganda e Jornalismo. E, para finalizar, a marca foi aplicada em elementos de Papelaria e Multimídia (template para PowerPoint e Keynote e assinaturas de e-mail).






Papelaria – Papel Timbrado, Envelope e Cartão de Visita


Multimídia – Template para Keynote e PowerPoint


Assinatura de E-mail com Aviso de Confidencialidade


Website institucional para o curso e Manual de Marca online










Ficha Técnica
por Caio Macedo
cliente Curso de Comunicação Social da UFF (GCO e GGC)
em Branding, Design Gráfico